Pesquisar este blog

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

★ Recomendação: Elisabeth - Ai to Shi no Rondo ★

Olá, como vão?

Eu revi recentemente a peça que me apresentou ao Takarazuka e achei que seria legal recomendá-la num post específico. Se você nunca ouviu falar do Takarazuka Revue, talvez queria ler esse post muito bacana do blog Amai Dream (lá você também vai encontrar um post sobre Elisabeth, que foi justamente o que me levou a assistir essa apresentação há uns anos atrás, rs).

likeabloodydawn:

'tis time.
link
"Elisabeth - Ai to Shi no Rondo" é uma adaptação de um musical em alemão de nome "Elisabeth". Conta a história da Imperatriz Elisabeth (ou Isabel) da Áustria, desde sua infância até seu assassinato pelas mãos do anarquista Luigi Lucheni. É um misto de relato histórico e fantasia - a narrativa é contada postumamente pelo próprio Lucheni que se vê interrogado por vozes num lugar que aparenta ser o purgatório. O anarquista justifica o assassinato de Elisabeth alegando que não fizera nada além do que a própria Imperatriz desejava, uma vez que ela estivera durante toda a vida apaixonada pela morte (e vice-versa!).
Ficheiro:Winterhalter Elisabeth 2.jpg
A Imperatriz real retratada por Franz Xaver Winterhalter. Link.
Lucheni convida todos os participantes da história para dar seu depoimento, entre eles, Der Tod, a própria morte. A peça então é direcionada a infância de Sissi (apelido da jovem e aventureira Elisabeth) e segue numa espécie de biografia da moça, passando pelo seu casamento com o Imperador Franz Joseph, o que a levará a tornar-se Imperatriz, e continuando até seus últimos dias.

A peça original estreou em 1992 em Viena, e a primeira adaptação do Takarazuka saiu em 1996. Vi pela primeira vez a versão da Moon Troupe de 2005, mas não consegui achar na internet de novo, então fiz o download da de 2009 (se você quiser assistir dá para baixar com legendas em português nesse site).

link
As peças do Takarazuka são sempre muito legais. Há uma mistura de temas sombrios com um brilho (muitas vezes literal, rs) característico das versões japonesas. Confesso que no fim da apresentação, todas aquelas danças e penas coloridas me pegaram de surpresa, haha, mas é algo que você acaba se acostumando, porque aparece com alguma frequência em outras peças também. Os cenários e figurinos são absolutamente incríveis, as canções muito bem executadas e as atuações são ótimas!

Olhem esse figurino! link.
Uma das minhas músicas favoritas é "Watashi dake ni", dá para encontra-la no youtube em outras apresentações, mas vou deixar essa com as legendas:


Se você quiser conhecer a versão em língua alemã pode vê-la aqui, com legendas em inglês. Eu ainda não acabei de assistir, mas dá para notar que elas são até bem parecidas (a do Takarazuka e a de Viena). Um dos melhores personagens, na minha opinião, é o próprio Lucheni. Ele aparece em inúmeros momentos na história, como uma espécie de narrador-personagem irreverente, bastante irônico e ligeiramente maluco, rs. E é sempre muito bem interpretado! 

link
A peça é muito legal, e vale bastante a pena assistir. Eu recomendo muito! Queria encher de fotos, mas não vou fazer isso para não sobrecarregar o post, então recomendo uma pesquisa no tumblr para dar uma olhada em mais imagens legais, haha. :)

E é isso por hoje, até mais ver!

Milky

2 comentários:

Belle Bueno disse...

Nossa, que interessante a recomendação.
Sou completamente apaixonada por peças, musicais ou não. Não estou muito familiarizada com as peças japonesas, e apesar de adorar a cultura alemã eu não conhecia o musical Elisabeth. Achei as fotos muito bonitas e pela sua forma de colocar parece uma obra que vale a pena conferir.

Milky Yoko disse...

Assista sim, é bem legal! :) Eu também não conhecia a primeira versão, mas aparentemente ela é bastante famosa D=

recommend

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...